Gestão de obras: os 3 pilares para aprimorar a sua gestão

sistema para gestao de obra

Existe uma certeza quando pensamos em gestão de obras: imprevistos irão acontecer!

Não é necessário ter muita experiência na área para entender que mudanças no planejamento inicial acarretarão em impactos no projeto.

Por exemplo, ter que construir mais 20 metros de tubulação de gás, não planejados, implicará em maior custo e muito provavelmente mais tempo.

Ter que adiar a terraplanagem por mês, por conta de condições climáticas desfavoráveis, significa que o custo aumentará, uma vez que o contrato de aluguel das máquinas é por dia.

Fazer uma gestão otimizada e ao mesmo tempo lidar com os imprevistos que surgem no canteiro de obras é um dos grandes dilemas que tiram o sono da empresas do setor.

A Tríplice Restrição: o alicerce para gestão de projetos

Se você deseja aprofundar o seu conhecimento e lidar melhor na gestão do seu dia à dia, é muito importante conhecer a Tríplice Restrição.

Esse conceito, que foi abordado na terceira edição do PMBOK®, explica que as variáveis escopo (trabalho a ser executado), tempo e custo estão diretamente ligadas ao se gerenciar um projeto.

Qualquer alteração em uma delas, trará alterações em pelo menos umas das outras.

Uma maneira simples de explicar este fundamento é através da imagem de um triângulo, sendo cada variável é representada por um dos lados do mesmo.

Já a qualidade, é representada pela área do triângulo.

Veja nas figuras abaixo:

pilares gestao obras
pilares gestao obra

Exemplo: O projeto original orçado consistia em construir um prédio de 4 andares por 1 milhão de reais em 18 meses.

Se durante a obra, o contratante decidiu construir mais um andar, será necessário gastar mais dinheiro e provavelmente a obra irá demorar mais tempo.

Tríplice Restrição de Eficiência na Construção (TREC)

Assim como a tríplice restrição é fundamentada em variantes de escopo, tempo e custo, o SIGO ERP foi construído embasado em 3 pilares: Engenharia, Gestão

e Tecnologia.

Chamamos esses 3 fatores de Tríplice Restrição de Eficiência na Construção (TREC) pois são imprescindíveis para se atingir eficiência e competitividade.

Neste sentido, preparamos uma série de 4 artigos para demonstrar a importância desses fatores na gestão de obras.

No próximo artigo, abordaremos o primeiro pilar: Engenharia.

Se você tem interesse em gestão de obras, continue acompanhando nosso blog e envie esse conteúdo para aquela pessoa que precisa aprimorar a gestão de suas construções.

Até a próxima.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recomendados

Secured By miniOrange